sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Copinha, a vitrine da base

Neste sábado, 03/01/2015, terá início a 46ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, a principal vitrine da base dos clubes de futebol do país. Com o principal objetivo de revelar jogadores e com a participação de 104 clubes, divididos em 26 grupos, ela contará com a participação de jogadores da categoria sub 20. Iniciada em 1969 e considerada a principal e a mais tradicional competição da categoria de juniores do país, ela já revelou importantes jogadores para o futebol nacional e mundial, entre eles Falcão, Casagrande, Djalminha, Jardel e Toninho Cerezo. A partir de 1988, passou a ser organizada pela Federação Paulista de Futebol, teve seus jogos sediados nas cidade do interior do Estado e passou a contar com a participação de clubes de todo o país. Mais recentemente, o torneio, mais que uma vitrine, passou a reunir olheiros e empresários de todo o mundo em busca de novos talentos.
Na 1ª fase, os 104 clubes, divididos em 26 grupos, enfrentar-se-ão em turno único e avançam para a próxima fase os líderes de cada grupo, mais os seis melhores segundo colocados pelo índice técnico. A partir daí, a competição será disputada em sistema simples de mata-mata. A final, como já é tradicional, acontecerá no dia 25 de janeiro, data do aniversário da cidade de São Paulo, no estádio Pacaembu, na capital.
O Corinthians fará sua estreia no dia 4 de janeiro, às 21 horas, contra o Guaicurus (MS). Na 1ª fase, a equipe, que está no Grupo W, ficará sediada em Barueri, que também tem o Rio Branco (AC) e o Grêmio Barueri. O time provável para o início do torneio será formado por Caíque, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Rodrigo San e Guilherme Arana; Marciel, PC, Matheus Vargas e Matheus Cassini; Marcinho e Gustavo Tocantins, e será comandado pelo técnico Osmar Loss.
Atual campeão Paulista e Brasileiro sub 20, o Timãozinho é o maior campeão da Copinha e um dos favoritos ao título. São oito títulos, quatro deles conquistados nos últimos 10 anos, mais do que qualquer outro clube, além de ser também recordista de aparições em finais, são 15 em 45 edições do torneio. 
A equipe contará com a participação de três jogadores que já treinam com o time principal, o lateral Guilherme Arana, o zagueiro Pedro Henrique e o atacante Gustavo Tocantins, que já participou de quatro jogos com a equipe principal. 
Desde setembro do ano passado no comando do time, Osmar Loss organiza excursões ao Memorial do Corinthians cada vez que recebe novos jogadores para seu elenco. Foi o que ele fez pouco antes da viagem ao Rio Grande do Sul, onde o time disputaria o Nacional. Para o técnico,  "esse é um procedimento padrão para que os atletas que chegam possam absorver o que é jogar no clube".
Osmar Loss deve usar a mesma base campeã brasileira para tentar o nono título da Copa São Paulo.O meia paraguaio Gustavo Vieira, convocado por sua seleção para o Sul-Americano sub-20, é desfalque. Na campanha do torneio nacional, a defesa alvinegra se destacou, foram apenas dois gols sofridos em sete partidas.
Pelo futebol demonstrado em 2014, creio que o Corinthians não terá dificuldade para se classificar para a próxima fase. Pela diferença técnica entre os participantes do grupo, essa fase poderá ser considerada como um treinamento, uma pré temporada.

Créditos e fontes de imagens e vídeo
futebolnarede.com
fpf.org.br
facebook.com/Renato Silva
corinthians.com.br/MAON
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com
globoesporte.globo.com/MAON

Nenhum comentário:

Postar um comentário