quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Vencendo o jogo e a lama

Foi, sem dúvida, o jogo mais difícil da Copinha. Não só pela qualidade do adversário, mas, principalmente pelas condições do campo, um verdadeiro lamaçal, um atoleiro com verdadeiras lagoas espalhadas pelo gramado. Para um time mais técnico e com bom toque de bola, a péssima condição do campo foi uma verdadeira arapuca, obrigando os jogadores apelarem para os chutões e lançamentos de longa distância. Mesmo com todas as dificuldades, o Timão venceu o Guarani por 2 a 1 e se classificou para a quarta fase da competição. Pela primeira vez no campeonato, o goleiro Filipe teve que trabalhar, além de tomar um gol. As primeiras ameaças de gol foram do Bugre. 
Gols
Somente aos 15 minutos aconteceu a primeira chegada do Corinthians com Léo Jabá, que chutou por cima do gol. Cinco minutos mais tarde, saiu o 1º gol do Timão. Numa cobrança de escanteio, Léo Santos subiu mais alto que a defesa do Guarani e mandou a bola para o fundo das redes. Aos 26 minutos, Maycon aproveitou a sobra da defesa na meia lua para fazer um golaço. Foi o quarto gol dele na competição. 
Aos 38 minutos do primeiro tempo, João Vittor foi lançado na área corinthiana, venceu a disputa da bola com Léo Príncipe e bateu por cima do goleiro Filipe, diminuindo a diferença do placar. 
Na etapa final, a chuva diminuiu e o mesmo ocorreu com o ritmo do jogo. O Guarani tentou conseguir pelo menos o empate, para levar o jogo para os pênaltis, mas a bem postada defesa alvinegra conseguiu segurar o resultado favorável. 
Com a vitória assegurada, o técnico Osmar Loss elogiou a capacidade de adaptação dos seus jogadores:
“Fugimos um pouco da nossa forma de atuação e conseguimos ter consistência, continuando com 100% de aproveitamento”, declarou o técnico. 
Para o zagueiro Léo Santos, autor do primeiro gol do Corinthians, a maior dificuldade encontrada no jogo, além do gramado, foi a bola aérea do Guarani. 
Ao vencer o Guarani, o Corinthians manteve 100% de aproveitamento, somou 15 pontos e alcançou 14 gols de saldo. O Sport, que joga nesta quarta-feira contra o Juventude, é quem mais se aproxima da campanha alvinegra, com quatro vitórias e 10 gols de saldo. O próximo adversário do Corinthians na Copinha será o Internacional, que derrotou o Rio Claro por 2 a 0. A data e o local do clássico ainda serão divulgados pela Federação Paulista de Futebol (FPF).
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians 2 X 1 Guarani - Copa São Paulo de Futebol Júnior 
Local: Estádio Municipal Major José Levy Sobrinho, em Limeira 
Data: 12/01/2016 
Horário: 21:00 horas (horário de Brasília) 
Árbitro: Salim Fende Chaves 
Árbitro Assistente 1: William Rogério dos Santos Turola 
Árbitro assistente 2: Adriano Stange 
Quarto árbitro: André Ferreira da Silva 
Cartões amarelos: Warian e Gabriel Vasconcelos (Corinthians); Gabriel Alves, Salomão, Gabriel Rodrigues, Francisco Felix (Guarani) 
Gols: Corinthians: Léo Santos e Maycon; Guarani: João Vittor 
Corinthians: Filipe; Léo Príncipe, (Renan Areias) Léo Santos, Vinicius e Guilherme; Warian, Maycon e Matheus Pereira; Léo Jaba, (Carlinhos) Gabriel Vasconcelos, (Pedrinho) e Tocantins; Técnico: Osmar Loss 
Guarani: Passarelli, Bruno, Gabriel Alves, Consolaro e Salomão; Chiclete, Mineiro, Leozinho, (Gabriel Poveda), João Vittor e Francisco, (Alyson); Gabriel Rodrigues: Técnico: Renato Morungaba

Créditos e fontes de imagens e vídeos
globoesporte.globo.com/corinthians.com.br/MAON
youtube.com-globo.com/MAON
corinthians.com.br/MAON
youtube.com/globo.com
corinthians.com.br
youtube.com/globo.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário