domingo, 24 de janeiro de 2016

Virando o jogo

Foi tenso, foi sofrido, foi na raça.
Foi CORINTHIANS. 
Vindo de duas goleadas e atuando na Arena num gramado perfeito e com a torcida jogando junto, não se esperava um jogo tão difícil e complicado, principalmente na etapa inicial. Encontramos um adversário bem postado em campo, compacto, marcando forte a saída de bola, com muita garra e disciplina tática. O Cruzeiro começou melhor e o Corinthians, lento no meio campo e com dificuldades na criação das jogadas,  demorou para se encontrar no jogo. Lento na recomposição quando perdia a bola e afobado nos arremates finais, desperdiçou inúmeras oportunidades. Nervosos e desatentos, mas demonstrando muita raça, nossos garotos, embora com boa posse de bola não conseguiam abrir o placar e numa falha do zagueiro Léo Santos, Rick Sena colocou o time mineiro na frente. 
Mas, aqui é Corinthians. Nossos garotos em nenhum momento jogaram a toalha e conseguiram reverter o placar desfavorável. Voltaram para a etapa final pressionando muito o time mineiro, que não conseguiu manter o ritmo do 1º tempo. O Corinthians adiantou sua marcação, ocupou o campo de defesa do adversário, acuando  o Cruzeiro e tomando conta da partida. Mas, mesmo dominando o jogo, os atletas continuaram desperdiçando na hora de finalizar.
Gols
Osmar Loss tirou o apagado Gustavo Tocantins, colocou Claudinho e momentos depois substituiu Warian por Pedrinho. As mudanças proporcionaram maior velocidade pelas laterais do campo, aumentando a pressão e criando melhores oportunidades ofensivas. E foram justamente com os dois jogadores que haviam acabado de entrar que teve início a reação alvinegra. Após cruzamento de Pedrinho, o goleiro Lucão saiu para cortar, chocou-se com sua própria defesa, a bola sobrou nos pés de Claudinho que encobriu o goleiro e um defensor do time mineiro, marcando um golaço por cobertura. Era o Corinthians de volta ao jogo. O Timãozinho continuou atacando, mas ainda perdendo grandes oportunidades de matar o jogo. O Cruzeiro, embora com menor ímpeto, não desistiu e tentava o gol do desempate, obrigando Filipe a trabalhar. Mas, foi o Corinthians que levou a melhor. Aos 35 minutos da etapa final, Léo Jabá tabelou com Matheus Pereira, que devolveu de letra para o cruzamento do camisa 20, a bola passou por todo mundo, ficou com Claudinho, que lançou para a área, e Pedrinho, de voleio, mandou para o fundo do gol de Lucão, virando o placar e carimbando o passaporte para a final. 
O Cruzeiro ainda tentou reagir, mas, com problemas na criação, não conseguiu furar o bloqueio corinthiano e com “olé” da Fiel, o Timãozinho classificou-se para a final da Copinha. 
Foi um jogo bastante disputado e equilibrado, no qual o Cruzeiro foi melhor no 1º tempo e o Corinthians dominou a etapa final. Claudinho e Pedrinho foram as peças chaves da virada e devem ter criado uma boa dúvida na cabeça de Osmar Loss. Léo Santos esteve numa noite infeliz, cometendo alguns erros que quase nos custaram a classificação. Num deles tomamos o gol do Cruzeiro e em outro fomos salvos pela boa defesa de Filipe. 
Merece destaque a atuação da torcida, que numa sexta feira à noite, às vésperas de um feriado prolongado, colocou 27 070 pessoas na Arena, apoiando o time durante os 90 minutos. 
Com o resultado, o Corinthians chegou em mais uma final da Copinha e vai enfrentar o Flamengo que, na outra semifinal, venceu o América-MG por 2 a 1.
Melhores momentos
Ficha Técnica - Corinthians 2 X 1 Cruzeiro - Copa Paulista de Futebol Júnior 
Local: Arena Corinthians, e Itaquera, São Paulo, SP 
Data: 22/01/2016, sexta feira 
Horário: 19:30 horas (horário de Brasília) 
Público: 27 707 (total): 26 837 (pagante)
Renda Bruta: R$ 705 635,00
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto 
Árbitro assistente 1: Bruno Salgado Rigo 
Árbitro assistente 2: Orlando Massola Júnior 
Quarto árbitro: Rodrigo Santos 
Cartões amarelos: Warian e Léo Santos (Corinthians) 
Gols: Corinthians: Claudinho e Pedrinho; Cruzeiro: Rick Sena 
Corinthians: Filipe; Léo Príncipe, Vinícius del’Amore, Léo Santos e Guilherme; Warian (Pedrinho), Maycon e Matheus Pereira; Tocantins (Claudinho), Léo Jabá e Gabriel Vasconcelos (Renan Areias), Técnico: Osmar Loss 
Cruzeiro: Lucão; Kevin, Fabrício, Murilo e Victor Luiz; Hudson (Vitor Santiago), Vander, Dudu (Cesar Luiz) e Alex; Andrey (Vitor Alexander) e Rick Sena; Técnico: Marcos Gomes Valadares

Créditos e fontes de imagens e vídeos
globoesporte.globo.com/Reprodução-SporTV-meutimao.com.br/MAON
Mauro Horita-Agif- esporte.uol.com.br/Sergio Barzaghi-Gazeta Press-gazetaesportiva.net/MAON
youtube.com/globo.com
facebook.com/A GRANDE FAMÍLIA CORINTHIANS
youtube.com/globo.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário